fbpx

Conhecimento é caro? E a ignorância? Quanto custa?

O Product Owner Ausente
12/10/2019
Como a Google utilizou OKRs para Gerar Foco e Resultados
28/10/2019
Show all

Conhecimento é caro? E a ignorância? Quanto custa?

Muitos comemoraram o dia do professor esta semana.

E se não fosse o conhecimento, que foi muito adquirido através de professores, muito provavelmente eu não teria a oportunidade de escrever este artigo hoje.

No muito seria mais uma estatística em algum jornaleco.

Mas não quero aqui contar história motivacional.

Quero perguntar: vocês realmente acham que o conhecimento é caro?

Antes que você possa pensar que vou dizer que conhecimento não é caro, não, não é bem isso.

Como qualquer produto, o conceito de caro é relativo.

Quer ver?

Muitos dos meus alunos acreditavam que um curso de R$ 2.000,00 é inacessível. Mas muitos destes parcelam em 36x um smartphone de R$ 6.000,00.

Isso sem contar o seguro. 😮

Mas ainda não é disso que estou falando.

Estou falando de quantas vezes as pessoas perdem tempo, dinheiro e saúde por falta de conhecimento adequado.

 

QUEBRANDO A CARA E A CARTEIRA

 

Ex: Bem provável que se você olhar para o seu lado direito, ou seu lado esquerdo, encontrará alguém que já comprou um carro em 60 x “sem juros”.

E ainda espalha para todo mundo que comprou um carro “sem juros em 60x”, com orgulho e ostentação.

Minha cara e caro amigo, você já viu a inflação? A REAL inflação?

Aquela que você tenta fechar a conta do supermercado todo mês.

Me diz, a sua cesta tem ficado mais cara ou mais barata?

Se você não mudou para alguma cidade com custo de vida mais barato, é claro que vocês irão perceber o aumento nas suas compras do supermercado.

E se sua cesta está aumentando, outros produtos e serviços também irão acompanhar este movimento.

Agora, dito isto, você acredita mesmo que um banco, eu disse um BANCO, que vive de VENDER dinheiro, vai te fazer “60x SEM JUROS”?

“Mas André, o vendedor me disse que o preço a vista é o mesmo que o parcelado”.

 

NÃO.

Primeiro, se você pesquisar o preço de tabela, vai descobrir que não é.

Segundo, isso é um combinado entre a concessionária e o banco, para que você caia na tentação da prestação.

Peça para o seu vendedor te mostrar o saldo devedor atualizado ao final dos 60x “sem juros”.

Você pode encontrar um valor maior que o DOBRO do preço de tabela do automóvel.

Não estou dizendo que você não deva parcelar.

Estou dizendo que a falta de conhecimento sobre finanças básica já fez, e ainda faz, muita gente quebrar a cara, e a conta bancária também.

E com isso vem o desespero de não conseguir pagar as contas no fim do mês, a pressão por uma demissão a qualquer momento, etc…

 

E quando você menos espera, está sofrendo de ansiedade e depressão. Isso sem falar que pode virar um Workaholic por necessidade 😊

 

“Mas André, isso só acontece com gente que não possui estudos, ou o mínimo de discernimento” Vocês podem estar pensando nisso agora.

 

Durante minha jornada profissional, eu já vi engenheiros, dentistas, advogados, analistas de sistemas, médicos, caírem neste conto do “60 x sem juros”.

Inclusive, gerentes e superintendentes de Bancos.

Sim, pessoas que deveriam saber gerir o seu dinheiro, não aprenderam a cuidar da gestão da própria conta corrente.

Mas não menos decepcionante, profissionais que também exercem uma carreira que exige uma graduação no mínimo, caem neste equívoco.

Tudo por falta de conhecimento adequado. ☹

 

E A SUA CARREIRA COM ISSO?

 

Mas a falta de conhecimento não se limita a perda de dinheiro e tempo.

A ignorância também pode causar a perda de oportunidades incríveis em sua carreira.

Na verdade, pode envolver a sua e a carreira de muita gente.

Quer ver?

Já posso até ouvir a voz de leitores dizendo:

“Ah sim, quem não tem uma faculdade hoje em dia pode não ….”

Ou então: “Quem não sabe Inglês pode mesmo perder muita oportunidade” ….

Não é nada disso que vou contar para vocês.

 

Vou contar o que acontece em muito mercado em expansão por aqui no Brasil, que afeta vários profissionais por causa da ignorância.

Inclusive já adiantei um caso que afetou dezenas de profissionais neste artigo: Métricas de Performance não são garantias de RESULTADOS

 

Você conhece o Robert?

 

Imagine que aquele profissional, digamos que seja o Robert, o dos 60 x sem juros, é de fato um profissional muito competente e eficiente.

Mas então, a roda da ignorância começa a rodar pelo mercado, e Robert começa a encontrar “balas de prata” no mercado.

Elas soluções são tentadoras, pois prometem resolver todo o tipo de problema que Robert enfrenta no seu dia-a-dia.

Porém, ninguém explicou os contextos e as origens daquelas “balas de prata” para Robert.

E Robert também não procura questionar o como aquelas soluções podem de fato ajudá-los.

Afinal, a promessa é tentadora, de grandes atalhos para ganhar fama, oportunidades e dinheiro.

E então Robert abraça a “nova causa” sem questionar muito, afinal, ele está pagando barato.

Na verdade Robert não questiona é nada ☹

 

Ele paga muito por uma consultoria ou por uma série de treinamentos, e procura motivar (leia-se: enfiar goela abaixo) seus pares e colegas a realizarem uma grande transformação.

Na verdade Robert até começa a fazer workshops e palestras sobre o “milagre da grande solução”, mesmo que ele ainda NÃO tenha colhido todos os frutos de tanto investimento.

Então semanas se passam, e toda aquele investimento de tempo e dinheiro não se traduz em RESULTADOS.

Então Robert começa a ser cobrado pelo seu empregador. Afinal, a empresa investiu nisso também, e quer ver RESULTADOS.

 

O CICLO DA IGNORÂNCIA

 

Mas como Robert não entendeu os propósitos da “nova solução”, ele não compreende os motivos dela não funcionar como prometido.

Então Robert começa a repassar a cobrança para seus funcionários e culpar seus pares pelo fracasso da nova solução.

Uma vergonha que não vemos muito por aí, não é? #sqn

 

E Robert não é um grande líder também, pois nunca o ensinaram ter postura crítica e consciente na faculdade ou naqueles cursos de certificações XPTO.

E então Robert começa a ficar desmotivado… Sua performance cai. Sua motivação vai embora.

Seus pares começam a ficar descontentes. De fato, as pessoas passam a desconfiar da capacidade de Robert.

O empregador de Robert, o James, começa a ficar descontente, e começa a cobrar resultados constantemente.

Devido a pressão, Robert começa a desenvolver ansiedade. Talvez até um pouco de depressão.

E então o ciclo se fecha, e Robert não sabe mais o que fazer.

 

Mês após mês, os RESULTADOS não aparecem. Em alguns casos, o PREJUÍZO começa a aumentar dentro da empresa.

Então James passa a acreditar que a incompetência de Robert seja o motivo de tanto imbróglio.

James decide demitir o Robert, e promove um dos seus colaboradores, o Richard, que fez uma certificação no assunto, para substituí-lo. Porém, agora, o salário de Richard é menor que a Robert.

E Richard nunca adotou essa solução na prática. Então Richard convence o seu empregador, James, a contratar um Consultor, mais caro do que os serviços de Robert, para ajudá-lo a resolver a questão.

Afinal, esse consultor possui certificações Master em XYPZ, e é graduado nível I, II ou III na “solução bala de prata”.

Porém, sendo o Consultor mais caro, James passa a empregar colaboradores mais baratos para compensar as contas da empresa.

Mas a diferença salarial toma conta do famoso RÁDIO CORREDOR.

E o clima na empresa começa a ficar pesado!

 

CLIMA ORGANIZACIONAL.

 

Com o clima da empresa gerando descontentamento e insatisfação, os colaboradores começam a achar que não estão ganhando o suficiente perante o desafio.

Com isso, toda a moral da empresa é abalada, e a eficiência dos times é impactada negativamente.

Aqueles colaboradores que fizeram treinamentos e certificações que compreenderam os reais contextos das ferramentas “bala de prata”, até começam a sugerir planos de ações.

Mas nunca são ouvidos, pois afinal, James estava na liderança de seu consultor, que nunca aplicou uma solução de sucesso em uma empresa como aquela.

 

Com seus colaboradores desmotivados, James começa a observar a queda de sua carteira de clientes. Por consequência, a receita também começa a cair.

James não vê outra saída imediata, se não contratar colaboradores ainda mais baratos, e ainda mais desqualificados.

James passa a desacreditar em todos aqueles colaboradores que fizeram treinamentos XPTO, ou obtiveram certificações de nível I, II, III….

E começa a desacreditar inclusive daqueles profissionais que eram realmente competentes no que faziam.

 

Mas porque James fez isso?!?!? Ele é doido?

Ora, os profissionais que até então eram qualificados para a empresa de James, também se certificaram na solução XPTO, porém não performaram como o esperado.

Logo, para James, eles também não deveriam ser tão competentes assim.

 

Percebe até onde vai o CICLO DA IGNORÂNCIA?

 

Injusta e míope a percepção de James, não é?

Afinal, há muita coisa envolvida que não foi analisada.

Por exemplo, todos os colaboradores até então estavam sob a liderança de Robert, e depois de Richard.

E no Brasil, ainda há uma forte estrutura hierárquica que impede a comunicação bilateral entre as camadas operacionais e estratégicas das empresas.

Sim, isso tem mudado em alguns mercados.

 

Mas a realidade é dura. Ainda são poucas as empresas com este nível de maturidade profissional.

 

“Ahhh André, mas isso acontece mesmo?”

SIM, mas do que eu mesmo gostaria de acreditar.

E esse padrão se repete em muitos mercados.

E quando nos damos conta, temos inúmeros profissionais bem qualificados insatisfeitos com seus salários, por causa de vários Roberts, Richards e James por aí.

Todos eles aplicando soluções das quais não compreendem os motivos ou contextos envolvidos.

Tudo por que utilizaram a mesma lógica dos “60x sem JUROS”. ☹

Ou a falta de lógica neste caso.

 

O QUE FAZER PARA INTERROMPER O CICLO DA IGNORÂNCIA.

 

Ora, estudar.

“Simples assim André?”

Não, não é tão simples.

Hoje há inúmeros profissionais que “estudam” conteúdos por aí. Muitos destes conteúdos até gratuitos.

Assim, se só estudar resolvesse, teríamos milhares de profissionais e empresários milionários no Brasil.

Então responda com sinceridade:

 

“Você já viu algum profissional ganhar rios de dinheiro só por fazer UM CURSO gratuito na plataforma XPTO?”

“Ou conheceu algum empresário/empresária criar uma rede bilionária por APENAS assistir UMA palestra no TEDx?”

 

Se sim, me apresenta, pois eu não conheço nenhum deles.

 

Grandes profissionais e grandes empresários/empresárias tem um ponto em comum, nunca se cansam de desenvolver habilidades através de conhecimentos.

Conhecimento sem ação não resolve. Todos eles testam, criticam e validam o conhecimento adquirido.

E para isso acontecer, eles se cercam de pessoas experientes para ajudá-los na construção daquele novo conhecimento.

Há um ditado que diz:

 

:“Se você é a pessoa mais inteligente da sala, talvez você esteja na sala errada”.

 

Para crescermos, devemos aprender com pessoas que estão em um patamar acima de nós mesmos. Afinal, aprendemos mais pelo exemplo do que por uma cartilha.

Isso quer dizer que não podemos aprender sozinhos? NÃO.

Mas pode ser que talvez levemos mais tempo para conquistar nossos objetivos.

Isso sem falar do desperdício gerado pelo CICLO DA FALÊNCIA que podemos cair neste meio tempo. 😊

 

CONVITE

 

Então meu querido leitor, minha querida leitora, não espere por resultados diferentes fazendo a mesma coisa.

Você tem ideia de quanto dinheiro é desperdiçado pelo ciclo da falência? Estou falando de MILHÕES!

Tudo por que Robert fez um curso “baratinho” na visão dele.

Isso sem falar nas dezenas de colaboradores, que foram na onda, e ainda ficaram queimados com James, o empregador.

Coitados, nem tiveram voz, mas ficaram com uma péssima impressão na empresa. ☹

#ficaADica:

 

Podemos até achar que a o conhecimento é caro, MAS PERMANECER NA IGNORÂNCIA PODE SER MUITO MAIS CARO.

 

De que time você quer fazer parte, dos “60x SEM JUROS”? Ou do grupo que GERA VALOR com o seu CONHECIMENTO?

Clique nestes links para saber mais sobre isso:

 

Formações que geram valor

+ Cursos

 

Um grande abraço.

 

Disclaimer: Nomes fictícios foram adotadas para preservar a identidade dos envolvidos 🙂

Quer receber mais artigos como este? Inscreva-se em nossa Newsletter:

Andre Bueno Lima
Andre Bueno Lima
André Bueno is an experienced financial professional, coach and agilist, with background at project management, agile projects, SCRUM, Lean, Total Quality Control, Six Sigma, BSC, OKR, IT projects, and banking services. He's a strategic thinker, he's always focused on driving client values with effective communication and execution. Certified Scrum Master and PO Professional by Scrum Alliance. Agile Master, Lean Six Sigma Black Belt and Certified Trainer by SCRUMStudy. Professional Coach by IBC. He's been leading IT projects and agile teams on the design and implementation of software solutions for financial credit management, human resources, logistics support, products management and e-Learning. Master’s in Project Management, Master Business Administration in Finances, Web Tech Specialist.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *