Como evitar falhas em projetos de TI?

O Waterfall não é Waterfall
19/09/2018
Scrum em minutos
26/09/2018

Vários são os motivos que podem gerar a insatisfação nos desenvolvedores. Mas acredito que um deles é o mais frequente: O de não poder entregar algo seja útil aos usuários, ou seja pela funcionalidade em si, ou seja pelos prazos curtos.

Talvez, dentre todos os participantes de projetos de TI, os desenvolvedores são os que ficam mais insatisfeitos com falhas em entregas. Até mais que os clientes.

Por causa de sua natureza intrínseca de alta imprevisibilidade e de mudanças frequentes, projetos de tecnologia costumam ter alto índices de falhas em suas entregas, gerando insatisfação aos clientes e aos participantes dos projetos.

Vários são os motivos que podem gerar a insatisfação nos desenvolvedores. Mas acredito que um deles é o mais frequente: O de não poder entregar algo seja útil aos usuários, ou seja pela funcionalidade em si, ou seja pelos prazos curtos.

Por isso do fluxo iterativo e incremental dos modelos ágeis de desenvolvimento de projetos. Toquei brevemente neste assunto em outro artigo recente: Waterfall não é Waterfall, clique aqui se você ainda não o viu.

Entregas Curtas

Esse fluxo sugere que devemos desenvolver o projeto através de ciclos curtos de tempo. Ao final de cada ciclo (ou intervalo de tempo se assim preferir), alguma ou algumas funcionalidades podem ser entregues ao cliente.

Essas entregas devem ser avaliadas pelas partes mais interessadas do projeto: clientes e demais stakeholders, a fim de que estes promovam feedbacks sobre estas funcionalidades entregues.

Assim, desenvolvedores e clientes podem avaliar se essas entregas já podem ir para a rua, ou melhor, para produção ?

Mas e se, mesmo com ciclos iterativos curtos de entregas, o cliente ainda ficar insatisfeito? Ou pedindo mudanças feito um louco? ?

Fluxo Interativo

Aí então, por um momento, saí de cena o fluxo iterativo, para um fluxo interativo. Interativo, com “n”.

Ou seja, durante o fluxo iterativo de ciclos curtos de desenvolvimento, devemos manter a interatividade com os clientes e demais partes interessadas do projeto.

Essa interação deve promover a conversa entre o cliente, e/ou partes interessadas, e os desenvolvedores do projeto, com o intuito de manter a correta compreensão das expectativas geradas no projeto, bem como manter o entendimento do que deve ser produzido ou desenvolvido.

 

PS: Claro que a comunicação é essencial nesta interação. Mas esse assunto merece um outro tópico. Se você acha esse assunto interessante, deixe um comentário.

 

Até mais.

Quer receber mais artigos como este? Inscreva-se em nossa Newsletter:

Andre Bueno Lima
Andre Bueno Lima
Há 15 anos participa, conduz e gerencia projetos em organizações com centenas de milhares de colaboradores. Já participou de dezenas de projetos nas áreas de logística, backoffice, operações, crédito, tecnologia da informação, em mercados de varejo, atacado e large corporate. Já ajudou diretamente em projetos de mitigação de desperdícios que geraram economias de mais de R$ 714 milhões. Fundador da AgileIT Coach Institute, formando especialistas e consultores ágeis. MBA em Finanças, Mestrando em Gestão e Desenhos de Projetos. Especialista em Tecnologias WEB, Certified Scrum Trainer SCRUMStudy, várias certificações SCRUM, Lean, Six Sigma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *